Como aumentar a conversão de vendas no e-commerce?

Como aumentar a conversão de vendas no e-commerce?

A taxa de conversão de vendas é uma das principais métricas utilizadas nas lojas online para medir o sucesso de ações e desempenho do negócio. Aqui, vamos explorar mais possibilidades para você, lojista, dar um gás nesses números e vender mais!

A taxa de conversão de vendas é uma das principais métricas utilizadas nas lojas online para medir o sucesso de ações e desempenho do negócio. Aqui, vamos explorar mais possibilidades para você, lojista, dar um gás nesses números e vender mais!

Se você gerencia ou trabalha em um e-commerce, aumentar a taxa de conversão de vendas provavelmente é uma de suas maiores preocupações, certo? Essa métrica é uma das mais importantes do mercado e o maior desafio entre os varejistas do comércio eletrônico. 

Em poucas palavras, a taxa de conversão de vendas é o resultado do número de pedido realizados e pagos em comparação à quantidade de visitas recebidas no site, ao longo de um determinado período de tempo, geralmente mensurado por uma campanha específica. 

Em 2021, o total de acessos a lojas virtuais no Brasil chegou a mais de 26 bilhões, de acordo com relatório da Conversion. No entanto, um estudo da Grow Code aponta que a média de cliques convertidos em vendas é de 2,27% no mundo todo.

Mas não se desespere: se você identificou uma taxa menor do que essa no seu negócio, saiba que existem estratégias para melhorar! Então, como transformar visitantes do seu e-commerce em verdadeiros clientes? 

Abaixo, vamos apresentar sete formas de aumentar os índices de conversão de vendas. Acompanhe! 

1. Conheça seu cliente (de verdade)

Vá além de informações básicas, como idade, localização e ticket médio. Invista em ferramentas e pesquisas mais profundas, que vão te auxiliar a entender os comportamentos pessoais da sua persona. 

Essas informações devem ir desde os hábitos de consumo, configuração familiar, relacionamento, renda e tudo o que estiver relacionado ao negócio que está sendo ofertado. 

2. Ofereça a melhor experiência de compra possível 

Proporcionar uma boa experiência do cliente pode ser a chave para acabar com diversas situações que fazem uma pessoa desistir de concluir a compra na sua loja online. 

Quem oferece métodos e serviços eficientes, com operações claras, atrativas e de acordo com as tendências do mercado tende a conquistar mais consumidores. 

3. Identifique os problemas atuais

Saber quais estratégias podem se encaixar melhor para a sua marca exige um mapeamento minucioso dos problemas. Por exemplo, por que os números de abandono de carrinho são altos? Por que as pessoas não adicionam produtos à lista de desejos? 

Todas essas questões fazem parte de uma análise profunda. Assim, é possível traçar um planejamento ideal para resolver os contratempos e potencializar os resultados. 

4. Encante seu público-alvo 

O mundo é dos criativos! Esteja conectado ao que seu público gosta, principalmente por meio da comunicação. Tendências do mercado e do entretenimento, adaptadas ao que o seu cliente consome, podem fazer toda a diferença na hora da decisão da compra. 

No processo de encantamento, também é preciso conquistar de maneira direta. Então, que tal oferecer cupons de desconto, frete grátis ou brindes exclusivos para novos usuários? São ferramentas simples e atrativas para trazer o consumidor mais perto da marca. 

5. Construa a autoridade da marca 

Hoje, existem diversas maneiras de conquistar autoridade da marca, e os conteúdos na internet são uma delas. Manter as redes sociais atualizadas, com informações relevantes dos seus produtos e serviços, investir em marketing e manter um bom relacionamento com clientes e públicos de interesse no mundo online fazem parte dessas estratégias. 

6. Invista em meios de pagamento inovadores 

Novas soluções de pagamento estão diretamente ligadas ao aumento de vendas nas lojas online. E os benefícios não param por aí: é mais liberdade para o varejista, simplicidade nas operações e segurança.

Além de serviços mais disruptivos, modernos e alinhados com as principais novidades do mercado, a diversidade de opções também deve ser levada em conta, para que os meios de pagamento sejam sempre parte da solução e nunca um problema para o consumidor. 

7. Garanta a segurança do site 

Ter um e-commerce seguro é vantagem para todos os envolvidos. O ambiente online deve ter e transmitir a segurança necessária para que o cliente não hesite em compartilhar suas informações pessoais, de pagamento, e concluir uma compra. 

Já do outro lado, além de garantir que não há riscos para ambas as partes, o varejista precisa estar atento a todos os procedimentos que as proteções exigem. 

Seguindo essas dicas, seu negócio estará pronto para crescer e você vai alavancar as vendas como nunca viu antes! 

Acompanhe o nosso blog e fique por dentro das principais novidades e tendências do universo dos meios de pagamento, e-commerce e mais.